Chevette Rebaixado

Para quem tem deseja um Chevette rebaixado, uma boa opção é de retalhamento nos feixes. Quanto menor for a flexibilidade do conjunto, mais bruscas serão as reações às imperfeições do piso, por conseqüência maior o risco de quebra. Os feixes de mola de um Chevette Rebaixado têm dureza variável de acordo com a têmpera empregada, o número de lâminas e o tipo de trabalho para qual foi projetado.

Chevette Rebaixado
Chevette Rebaixado

Vale ressaltar que alterar as fixações o procedimento extremamente arriscado, pois pode gerar a quebra da mola mestra, desgovernando o chevette rebaixado. O procedimento seria a desmontagem da parte da suspensão do chevette rebaixado para a retirada da mola, depois de desmontada é levada em um equipamento aonde ele comprime um pouco a mola e assim faz à retirada do conjunto do amortecedor, corta-se a mola na parte que fica voltada para baixo e depois ela é encapada evitar o barulho no Chevette rebaixado.

Chevette Rebaixado Branco
Chevette Rebaixado Branco

Alem desses, existem outros métodos para tornar um Chevette rebaixado. Outro método seria em aquecer dois ou três elos fazendo-os se juntarem até encostar uns aos outros, depois de encostados eles são soldados para não baterem um ao outro. Essa técnica deixa o chevette rebaixado até macio comparando e não compromete a mola. Esse método pode até ser feito sem a desmontagem do conjunto suspensão. A vantagem deste método é melhor porque mantém o conforto e melhor estabilidade nas curvas deixando o chevette rebaixado mais seguro.